Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




(Não... Não é esta... Se bem que esta é mais interessante.)

(Cá está. Yup, a de cima é, de facto, mais interessante.)

 

Mais um episódio do podcast TVDependente aqui (e mais dois que não referi no blog: 55 e 56). Este foi dos que mais gozo me deu fazer. Voltámos às entrevistas e desta vez foi com um ex-colega dos idos da blogosfera (do saudoso e trabalhoso Hotvnews), o Eduardo, que há uns anos decidiu ir para os Estados Unidos fazer o seu mestrado e já ganhou um Emmy. Claro, podem desvalorizar: "É um Emmy regional." Estou-me a cagar. É um Emmy. Um Emmy é um Emmy. É o Óscar, o Grammy, o Tony da Televisão. Para quem não sabe, o Tony é o Óscar, o Grammy, o Emmy do Teatro. O Grammy está para a Música e, caso não saibam, o Óscar está para o Cinema.

 

A conversa lá foi, mais uma vez, para o estado dos media em Portugal, e faço aqui um apelo: Falem sobre isto. Um português ganhou um Emmy. É uma das maiores honras que alguém que trabalha em televisão pode receber (senão a maior). As nossas novelas já ganharam dois. Após alguma insistência, lá noticiaram a nomeação. Mas não falaram na vitória. Claro, falaram no Diogo Morgado ir para Game of Thrones, no Diogo Morgado afinal não ir para Game of Thrones porque fomos todos enganados e as notícias estão a ser pirateadas, numa vaca brava à solta, 700 mil referências à derrota de Portugal com a Alemanha (mesmo depois de passarem alguns dias e já toda a gente estar farta de ouvir falar da derrota de Portugal com a Alemanha), na possível doença que Cavaco Silva pode ou não ter, no ex-Rey, no novo Rey, do quão bom era ter uma monarquia cá, do quão bom era ter uma Terceira República Espanhola, na mudança de liderança no BES porque aquilo não está muito bem de finanças, e em qualquer espaço noticioso não houve um único milésimo de segundo para valorizar uma vitória de um português lá fora. Vamos dar boas notícias de vez em quando, vá.

 

Noutros temas, também falámos de Game of Thrones e da sua 4ª temporada, que terminou no domingo passado (ou na terça, se seguem pelo Syfy). E finalmente percebi o dialecto estrunfe: É para evitar spoilers. Para exemplificar vou fazer aqui um comentário ao final da 4ª temporada: "Porra, que um spoiler já não spoiler spoilar em paz!" Querem perceber o que disse aqui? Vejam GoT e ouçam o Podcast TVDependente 57, aqui.

Share on Tumblr

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 02:13





Inscrevam-se na MEO Cloud, ganhem 16GB de armazenamento e mais 512MB porque clicaram neste link!

Arquivo

  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D